Para envolver seu filho na compra de material escolar, os pequenos devem ajudar a escolher os itens

Quem tem filhos ou é responsável por crianças em idade escolar sabe que, nessa época do ano, já é a hora de começar a se preocupar com a reposição dos itens antes do início do ano letivo.

Pensando nas outras despesas, alguns pais resistem a ideia de levar os pequenos na hora da compra. Essa é uma estratégia que dá certo com as crianças menores, mas, a partir de uma certa idade, vale mais a pena envolver seu filho na compra de material escolar.

O único cuidado, antes de sair as compras, é alertar os pequenos compradores sobre qual é o valor que a família pode gastar. Entenda como esse momento pode, inclusive, ensinar valiosas lições à criança.

Envolver seu filho na compra de material escolar é uma demonstração de confiança

O primeiro motivo pelo qual você deve envolver seu filho na compra do material escolar é que essa é uma demonstração de confiança, que afeta positivamente a autoestima dos pequenos.

Na prática, essa é uma oportunidade para que a criança exercite sua independência e resolva os seus próprios problemas. Afinal de contas, ela se vê diante de um desafio: levar para casa uma determinada quantidade de itens, mas sem estourar o orçamento.

É uma oportunidade para que o pequeno exercite sua criatividade

Para que todos fiquem satisfeitos ao final da ida a papelaria – os pais com o valor gasto e os filhos com os itens comprados – resta a criança usar toda a sua criatividade na hora de escolher cadernos, estojos e mochilas.

Um dos segredos para que essa conta feche é não se ater apenas aos itens novos. Também é possível reaproveitar os materiais escolares de anos anteriores que estejam em bom estado de conservação.

Mesmo assim, nada impede que os produtos do seu filho tenham um ar de novidade: é possível customizá-los. Que tal encapar de novo aquele caderno que ainda tem folhas sobrando?

Além disso, quem reaproveita material tem mais dinheiro disponível para gastar com itens novos.

A criança aprende a dar valor ao dinheiro

Outra razão pela qual você deve envolver seu filho na compra do material escolar é que essa é uma chance para que a criança aprenda, na prática, a dar valor ao dinheiro: ela vai ter a noção exata de quanto custa cada item da lista pedida pela escola.

Essa primeira experiência na papelaria, pode, inclusive, servir como estímulo para que a criança guarde uma parte de sua mesada para comprar algo mais caro, que não tenha sido possível adquirir neste ano. O hábito de economizar, inclusive, pode ser praticado em muitas outras situações do cotidiano.

Finalmente, a oportunidade de escolher o próprio material também desperta na criança uma responsabilidade por zelar pelos itens. O aluno vai tomar mais cuidado ao manusear os produtos, contribuindo para que eles cheguem ao final do ano intactos.

Entendeu quais são as vantagens de envolver seu filho na compra de material escolar? Aproveite e navegue pelo site da Pedagógica, por nossas redes sociais e pela nossa loja física, que funcionará em horário diferenciado nessa época do ano. Até a próxima!