Veja dicas de como instalar o pisca-pisca com segurança, como na casa da foto

Com uma imensa variedade de cores, tamanhos e formatos, as luzes são um elemento essencial na decoração de Natal: elas encantam e dão um colorido especial aos vários ambientes, mas é preciso lembrar que estamos lidando com equipamentos que transmitem energia elétrica.

Por isso, nós separamos dicas que explicam como instalar o pisca-pisca com segurança. Afinal de contas, tão importante quanto a beleza dos enfeites é a proteção contra acidentes. Continue a leitura!

Verifique a qualidade e a procedência do material

A primeira dica para instalar o pisca-pisca com segurança é priorizar produtos de qualidade.  Nesse sentido, um ótimo parâmetro é a certificação do Inmetro, que é uma garantia que o produto atende a legislação brasileira.

Outro critério a ser avaliado é a reputação do fabricante e também do ponto de venda. É interessante dar prioridade às marcas que mantém um bom relacionamento pós-vendas, oferecendo um suporte eficiente, com instruções detalhadas.

Quem pretende reaproveitar o pisca-pisca dos anos passados também precisa se cercar de alguns cuidados, sendo o principal deles verificar o estado de conservação do produto. Providencie a troca imediata de produtos com defeito.

Planeje onde as luzes serão instaladas e escolha produtos adequados

O segundo passo para instalar o pisca-pisca com segurança é saber exatamente onde as luzes serão instaladas. É recomendável mantê-las longe de materiais que aqueçam ou peguem fogo com facilidade, como madeira ou papel.

Também é válido esclarecer que, para usar pisca-pisca na área externa, existem produtos específicos. Neste caso, normalmente os fabricantes fazem a indicação na embalagem.

Além disso, a instalação de vários produtos pode favorecer a ocorrência de um curto-circuito. Nesse contexto, deve-se evitar o uso de adaptadores para ligar vários conjuntos em uma mesma tomada.

Para evitar qualquer acidente ou sobrecarga no sistema elétrico, é recomendável que você busque a orientação de um profissional especializado, especialmente quando a decoração é de grande porte.

Outro cuidado importante é utilizar materiais adequados para fazer emendas. Fita crepe ou esparadrapo são contraindicados para essa finalidade. Além disso, sempre que precisar entrar em contato com os equipamentos, mantenha-os desligados.

Desligue as luzes quando não estiver em casa

Nossa última dica para quem quer instalar o pisca-pisca com segurança é manter as luzes desligadas quando não houver ninguém em casa ou então quando todos estiverem dormindo.

Essa é uma medida que também traz reflexos positivos para o bolso, já que pesquisas indicam um aumento médio de 15% na fatura de energia por conta da decoração de Natal.

Ainda para quem quer encantar os moradores e visitantes sem gastar muito, uma sugestão a opção pelas lâmpadas de LED, que apresentam baixo consumo de energia. Além disso, apresentam maior durabilidade.

Entendeu o que é necessário para instalar o pisca-pisca com segurança? Aproveite e veja outros erros que você não deve cometer com as luzes de Natal. Continue ligado aqui no Blog da Pedagógica e também em nossa página oficial no Facebook. Durante o mês de novembro, o clima de Natal toma conta de toda a Pedagógica. Até a próxima!