A imagem mostra vários tipos de canetas espalhados sobre uma superfície
Imagem: Reprodução Internet

Você sabe quais são os tipos de canetas? Com a popularização da tecnologia, algumas pessoas podem até acreditar que escrever manualmente caiu em desuso. Todavia, sempre que isso é necessário, elas são essenciais.

Para um outro grupo, porém, a caneta se torna um item de coleção. A boa notícia é que os fabricantes investem na produção de diversos modelos, para agradar aos diversos perfis de clientes.

Antes de sair as compras e renovar seu estoque, conheça melhor os diferentes tipos de caneta!

Caneta esferográfica

Vamos começar a nossa lista com tipos de canetas pelo modelo mais popular: a caneta esferográfica. Conhecidas por sua praticidade, elas são úteis para quem precisa assinar um documento, escrever uma redação ou responder as questões de uma prova, por exemplo.

Como uma de suas principais vantagens, podemos destacar a sua durabilidade, ao mesmo tempo em que não é preciso se preocupar com a manutenção do produto. Quando a tinta – que é a base de óleo – acabar, basta comprar uma caneta nova.

Com uma esfera na ponta, que pode ser grossa ou fina, elas são especialmente indicadas para o ato da escrita. Além disso, estão disponíveis em diversas cores, destacando-se azul, preta e vermelha.

Caneta gel

Dando continuidade a nossa apresentação dos principais tipos de canetas, vamos detalhar as características da caneta gel, que são comercializadas em diversas cores.

Outra característica inconfundível é o aroma de frutas e também o uso do glitter. Esse tipo de caneta se destaca pela suavidade na escrita, mas por outro lado, elas costumam secar rápido quando usadas com bastante frequência.  Outra dica para melhor conservação da caneta gel é mantê-las sempre tampadas após o uso.

Caneta Rollerball (ou porosa)

Apesar de se parecerem com as canetas esferográficas – ambas possuem uma esfera na ponta – há um componente importante que diferencia a caneta rollerbal, a tinta, que é a base de água.

Consequentemente, o resultado é uma escrita mais suave e homogênea, com traços finos.  Elas costumam chamar a atenção dos consumidores que gostam de escolher entre uma grande variedade de modelos, uma vez que são comercializados designs, cores e tamanhos variados. Em contrapartida, elas possuem uma vida útil mais curta que as canetas esferográficas.

Caneta tinteiro

Em um guia sobre os principais tipos de canetas, não poderiam faltar as canetas tinteiro: sofisticadas, elas são bastante utilizadas por quem faz desenho técnico ou trabalhos artísticos, além de proporcionar uma escrita leve.

Basicamente, a caneta tinteiro conta com reservatório interno de tinta, que deve ser trocado sempre que sua capacidade estiver próxima do fim. Elas podem ser confeccionadas em diferentes materiais, do acrílico a metais considerados nobres, como ouro e prata.

Caneta com ponta de feltro (marcadores)

Para encerrar, precisamos falar das canetas com ponta de feltro, conhecidas popularmente como marcadores. Sua tinta é a base de álcool e, por isso, seca muito rápido se estiver destampada.

Gostou do nosso guia com tipos de canetas? Todos eles podem ser encontrados aqui no site ou na loja física da Pedagógica. Antes de se despedir, aproveite também para conhecer os tipos de lápis para desenho. Até a próxima!